segunda-feira, 25 de abril de 2011

Renato, se o imperfeito não participa do passado,
POR QUE DIABOS TU DEIXASTE O PERFEITO VIRAR PASSADO?
porra, legião urbana.



eu morria
tu amavas
...
eu amava
tu morrias
...